terça-feira, 31 de janeiro de 2017

ALGUNS CAMPOS DO SISCOMEX SUMIRAM...


Olá pessoal!

A grande maioria das pessoas que trabalham na área de comércio exterior, principalmente aqueles que estão na área de despacho aduaneiro, utilizam o SISCOMEX-Web!

Pois é, mas a gente dificilmente utiliza diretamente o SISCOMEX-Web, não é?!

Carol, o que você quer dizer com isso?

Que a gente dificilmente entra no SISCOMEX-Web através do site da Receita Federal e digita as informações diretamente nos campos da Declaração de Importação, por exemplo.

Geralmente utilizamos sistemas que fazem essa integração, ou seja, mandam as informações que digitamos em um software para o SISCOMEX-Web. Têm muitos destes softwares de integração no mercado, como o SISCEX do Ellas; o I-broker da Bysoft; o Import Sys da Softway, entre outros...

Completamos os campos da DI nestes sistemas integradores e eles enviam e preenchem a DI ou a LI, por exemplo, no SISCOMEX-Web.

Mas vocês já perceberam que existem alguns campos que não existem mais no SISCOMEX-Web, mas que ainda estão presentes ou sendo preenchidos em alguns dos sistemas de integração?!


É o caso dos antigos campos:



Carol, e o que mudou??

Vejam comparação abaixo:


ICMS



ANTIGO – SISCOMEX VB






Existia um campo para alíquota do ICMS dentro da Ficha “PIS/COFINS” uma vez que ANTIGAMENTE o ICMS integrava a base de cálculo do PIS e a COFINS na importação.





Já no novo SICOMEX-WEB...



NOVO – SISCOMEX WEB






          

Não existe mais o campo para alíquota do ICMS-Importação uma vez que o ICMS não faz mais parte do cálculo do PIS e da COFINS importação.





E não para por ai...


A ficha “Câmbio” do antigo SISCOMEX VB também foi eliminada. 


CÂMBIO



ANTIGO – SISCOMEX VB






Existia uma ABA dedicada exclusivamente às informações cambiais. 


Era necessário informar o número do contrato de câmbio nos casos de pagamento antecipado ou à vista



Vejam abaixo como está hoje no SISCOMEX WEB:



NOVO – SISCOMEX WEB








COM COBERTURA ACIMA DE 360 DIAS





 SEM COBERTURA CAMBIAL






No Siscomex Web a ABA CÂMBIO foi removida. Apenas é solicitada a informação se a importação é “COM COBERTURA” OU “SEM COBERTURA” cambial. 


Quando a cobertura cambial for maior que 360 dias precisará ser informado o número do ROF


Quando for SEM COBERTURA precisará ser informado o MOTIVO.




Com relação ao câmbio, é interessante uma observação, que na Licença de Importação no SISCOMEX-Web ainda existem os campos das modalidade ANTECIPADO e À VISTA.

Por que Carol?

Essa eu não sei responder! (rs), imagino que seja por causa de questões de análise dos órgãos anuentes.

Vejo que estas 2 mudanças foram bastante impactantes, em termos de simplificação de cálculos e diminuição de informações. 

O ICMS importação ainda é devido, mas não faz mais parte da base de cálculo do PIS e da COFINS importação, e por sua vez não é mais declarado na DI. Isso ajuda a diminuir o risco do erro também, pois podemos analisar a aplicação da alíquota devida do ICMS com mais calma, sem a pressão do "registrar a DI hoje".

Quanto ao câmbio também vejo ganhos em não ter mais necessidade de vincular o número do contrato de câmbio, o que por vezes atrasava o registro da DI, pois eram informações que nem sempre estavam "à mão" do importador.

Vejam que desde 2011 já não existe mais a necessidade de vinculação do contrato de câmbio na DI:

"BANCO CENTRAL DO BRASIL COMUNICADO Nº. 20.503, de 18/01/2011 D.O.U. 19/01/11, Seção 3. 

Dispensa a vinculação de contrato de câmbio a Declarações de Despachos de Exportação (DDE) e a Declarações de Importação (DI) e estabelece outras providências.
 

O Chefe do Departamento de Monitoramento do Sistema Financeiroe de Gestão da Informação (Desig), considerando o disposto na Lei nº11.371, de 28 de novembro de 2006, e em consonância com o disposto na Circular nº 3.325, de 24 de agosto de 2006, comunica a desativação, a partir de 22 de janeiro de 2011, das opções de vinculação automática de contratos de câmbio de exportação a Declarações de Despachos de Exportação (DDE) e de contratos de câmbio de importação a Declarações de Importação (DI), disponíveis nas transações PCAM300 e PCAM500 do Sistema de Informações Banco Central (Sisbacen), nos termos do Título 1, Capítulo 3, Seção 2, Subseção 1, item 2, do Regulamento do Mercado de Câmbio e Capitais Internacionais (RMCCI).
 

2. Empresas exportadoras e importadoras ficam dispensadas de apresentar ao Banco Central do Brasil o comprovante de vinculação dos contratos de câmbio às DDE e às DI, independentemente da data do embarque ou do desembaraço da mercadoria e da data da contratação do câmbio.
 

3. Eventuais ocorrências incluídas em processo administrativo punitivo instaurado pelo Banco Central do Brasil devem ser justificadas nos autos, mediante a apresentação da respectiva documentação comprobatória.
4. Fica suspenso o fornecimento de relatórios ou certidões relacionados à vinculação de contratos de câmbio de exportação a DDE e de contratos de câmbio de importação a DI.
 
Brasília, 18 de Janeiro de 2011."


Espero que venham mais mudanças com vistas a facilitar o preenchimento das informações no Siscomex-web!

Pessoal, por hoje é isso, e até outro dia!!

Abraços!




terça-feira, 3 de janeiro de 2017

2017!

Olá pessoal!

Primeiramente gostaria de pedir desculpas pela ausência nestes últimos meses de 2016. 

Às vezes, é preciso dar uma pausa para enxergar melhor o caminho a ser seguido. Mas já estou de volta e logo postarei novas matérias! 

Gostaria que soubessem que o blog é um projeto que tenho muito carinho, e tenho só a agradecer pela participação de todos vocês! Obrigada!




******************************

2017 chegou!


É comum na virada de um ano para outro fazermos uma retrospectiva do que passou e uma projeção do que queremos.


E é mais comum ainda projetarmos a realização de vários sonhos e metas para o ano que está a vir...mas na verdade, no decorrer do ano às vezes nos falta fôlego, ânimo, dinheiro, tempo, vontade, determinação, etc...para conseguirmos concretizar o que queríamos...e ai novamente desejamos que o ano que vem seja melhor...para que consigamos concluir nossos sonhos e projetos.....e assim entramos em um ciclo virtuoso (ou vicioso?!)....


Carol, e onde você quer chegar com esta conversa?!


O que quero dizer é que muitas vezes precisamos de inspiração, de conseguir ver no outro a força que pode existir em nós, de estímulo para conseguir sair do mesmo lugar...


A área de comércio exterior é bastante estimulante, pois quem trabalha nesta sabe que cada dia nos confrontamos com dificuldades diferentes, com clientes variados, com mercadorias incomuns, com procedimentos estranhos, e com muitas emoções - da raiva a felicidade!


E nesse começo de ano, tem um evento que gosto muito, e que me traz grande inspiração que é o Rally Dakar, não é só pelo automobilismo, porque deste não entendo muita coisa, mas é pela coragem e determinação dos pilotos envolvidos.


É possível ver que todos ali estão buscando, além de vencer a competição, vencer a si mesmos, saber o seu limite do medo, da resistência, da vontade, e até mesmo da felicidade para ir além...e encontrar emoções talvez ainda não exploradas.


Trago abaixo algumas fotos, que me chamaram atenção do Dakar deste ano de 2017, que mostram "o começo do começo", com a chegada dos veículos.


Eles partiram do porto de Le Havre - França, e foram até o Porto de Zárate - na Argentina, para então seguirem via rodoviária até a capital do Paraguai - Assunção*, onde começou a competição.

* Paraguai não tem saída para o mar, por isso tiveram que ir até Zárate.



Vejam que legal!



Porto de Le Havre - França
Fonte: Automobilsport.com

Fonte: Motorsport.com

Fonte: dakar.com


Cruzaram o Atlântico até a Argentina...


Porto de Zárate - Argentina
Fonte: Zaratealerta.com.ar


"El buque mercante Grande Francia-Palermo amarró en el puerto de Zárate transportando 611 vehículos que estarán tomando parte de la novena edición del Rally Dakar 2017 por tierra sudamericana. 


Fonte: Los Andes Diario

Traduzindo....O navio Grande Francia-Palermo chegou no Porto de Zárate transportando 611 veículos que farão parte da nona edição do Rally Dakar 2017 em terras sul-americanas.


E seguiram viagem via terrestre até Assunção, onde começou a competição!

Mas antes passaram pela alfândega! (rs)


Via terrestre para Assunção - Paraguai

Fonte: Zaratealerta.com.ar


Legal toda esta logística, não é mesmo?!

Poderiam trazer uma etapa para o Brasil!


Encerro esta mensagem de hoje, com uma foto e uma mensagem inspiradoras! A foto é da região desértica entre Iquique e Arica no Chile no Dakar de 2011, e a mensagem é do fundador do Rally Dakar, Sabine, sobre o que ele pensava da competição.

Desejo a todos vocês um 2017 maravilhoso e com muitas realizações!


Imagem: AP Photo/Natacha Pisarenko


Abraços, até breve!!!